Presidente da montadora CAOA, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, conquista o prêmio de “Executivo do Ano”

O empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade foi nomeado o “Executivo do Ano 2019” pela 52ª edição do prêmio “Carro do Ano”, cuja a organização é realizada pela revista da Editora Globo, AutoEsporte, referência no setor automotivo nacional. A entrega e homenagem ao empresário Chairman da CAOA aconteceu em 26 de novembro de 2018, após um ano bastante movimentado da indústria automotiva, destacando a atuação da CAOA, que ao final de 2017, criou um acordo de cooperação tecnológica e comercial com a Chery, surgindo então a CAOA CHERY, uma nova montadora de característica totalmente nacional.

Com isso, o maior grupo de produção e vendas de veículos do Brasil, a CAOA CHERY, durante o primeiro ano de operação, registrou um crescimento de vendas bastante interessante, fazendo com que, no ranking divulgado pela Market Share, saltasse da 20ª posição para a 15º, no que diz respeito a categoria “marcas” do país. A expectativa para o presidente da empresa Carlos Alberto de Oliveira Andrade é de que, com o lançamento de novos produtos da marca, o avanço seja cada vez maior no futuro. Isso porque o Tiggo2, primeiro modelo apresentado pela CAOA CHERY depois da fusão, é considerado um sucesso de vendas.

Vale ressaltar também os vários modelos de carros híbridos e elétricos expostos pela empresa no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, além de futuros modelos como o Tiggo8, que comporta até 7 passageiros, e o sedan Arrizo5, que entra no mercado para concorrer com outros veículos modernos desse segmento. O estande da CAOA CHERY contou, ainda, com o SUV Tiggo5x, a ser lançado no final do ano de 2018, e o Tiggo7, terceiro SUV da montadora com previsão para lançamento no começo de 2019. Para Carlos Alberto de Oliveira Andrade, a homenagem recebida pela referida revista é motivo de muita felicidade e orgulho, demonstrando a importância do empenho que a CAOA tem nas relações com todas suas parceiras.

 

E esta grande conquista não é nenhuma surpresa para o renomado empresário. Carlos Alberto de Oliveira Andrade é detentor de uma trajetória profissional brilhante, sendo fundador e atual presidente da CAOA. Para o espanto de muitos, o Chairman é formado em Medicina e iniciou sua carreira no setor automotivo em 1979, quando adquiriu um Ford Landau em Campina Grande, Paraíba, mas não o recebeu, pois a concessionária havia falido na época. Dessa forma, despertou-se o espírito empreendedor no médico, que fundou a CAOA e passou então a gerenciar a concessionária Ford. O resultado veio em menos de seis anos, a CAOA tornou-se a maior revendedora Ford da América Latina e o empresário passou a ter mais prestígio dentro da área.

 

Dentre as relevantes conquistas da montadora CAOA de Carlos Alberto de Oliveira Andrade, destaca-se, mais uma vez, a união com a Chery, uma das maiores exportadores de veículos chineses. Desta cooperação nasceu a 100% nacional CAOA Chery. Com isso, em quase quatro décadas, a empresa de Carlos Alberto já alcançou a marca de um milhão de veículos comercializados no país, estando presente em todas as regiões do Brasil.

Você está executando uma empresa social?

A maioria das reuniões de empresas sociais e reuniões de cúpula em nossa experiência envolvem a busca incessante por um acordo sobre uma definição universalmente aceita de empreendimento social. Essa discussão está em andamento na British Columbia há mais de uma década.

As empresas sociais são empresas geradoras de receitas com uma reviravolta. Seja operado por uma organização sem fins lucrativos ou por uma empresa com fins lucrativos jurídico, uma empresa social tem dois objetivos: atingir resultados sociais, culturais, econômicos e / ou ambientais da comunidade; e, para ganhar receita.

Na superfície, muitas empresas sociais parecem, sentem e até operam como empresas tradicionais. Mas, olhando mais profundamente, descobre-se as características que definem a empresa social: a missão está no centro dos negócios, com a geração de renda desempenhando um importante papel de apoio (do The Centre for Community Enterprise).

Um teste para uma instituição sem fins lucrativos ou de caridade que acredita estar operando uma empresa social : o que você está vendendo? Pode ser que você esteja operando com uma mentalidade empreendedora dentro de sua organização, mas se você não está vendendo um bem ou serviço no mercado, você não está administrando um negócio: você pode estar executando um programa social, mas não uma empresa social.

E um teste para uma empresa tradicional que acredita estar operando uma empresa social: em que medida as metas sociais / ambientais orientam sua empresa? Se o lucro é primordial (e particularmente se os proprietários individuais ou os acionistas forem pessoalmente beneficiados), você pode estar se engajando em compras socialmente conscientes ou em responsabilidade social corporativa, em vez de operar uma empresa social.

Outra definição possível: uma empresa de economia social opera como um negócio, produz bens e serviços para o mercado, mas gerencia suas operações e redireciona seus excedentes em busca de metas sociais e ambientais. (da diversificação econômica ocidental).

Um objetivo igualmente nobre de empreendimento social (além de gerar receitas para perseguir uma missão) é o treinamento e / ou emprego de pessoas que são tipicamente excluídas da economia dominante , criando assim capacidade e auto-suficiência para indivíduos, e impactando suas comunidades e diminuindo a dependência da rede de segurança social. Esse elemento sozinho pode denotar um empreendimento social.

Dá para cuidar da pele em casa?

Manter a pele sempre hidratada, tonificada e iluminada não é uma tarefa fácil, principalmente da maneira correta, sendo que existem tantas notícias. Por conta da correria e do preço dos produtos, invariavelmente pensamos ser uma tarefa impossível, porém, é bem simples. As receitas caseiras existem há muito tempo, desde o tempo das nossas avós, e não estão no ‘mercado’ há tanto tempo a toa.

Antes de qualquer tratamento, é necessário estar com a pele limpa, para que assim o tratamento seja absorvido da melhor maneira possível. Evite lavar o rosto com água muito quente, prefira sempre água em temperatura ambiente ou água morna; utilize sempre o sabonete neutro eu procure um específico para o seu tipo de pele (seca, oleosa, mista ou normal); remova sempre a maquiagem antes de dormir, hidrate a pele e utilize sempre protetor solar.

Há inúmeras receitas fáceis de fazer, que tonificam, hidratam e deixam sua pele ainda mais bonita. Para combater a oleosidade do rosto, faça a máscara com grãos integrais. Misture 01 gema de ovo; 01 colher (sopa) de mel; 01 colher (sopa) de azeite de oliva e ½ xícara de aveia. Aplique esta pasta sobre o rosto e a deixe agir por 20 minutos e lave o rosto com água morna. Já para as pessoas com a pele normal, que não possui cravos e espinhas, misture 03 colheres (sopa) de iogurte e 01 colher (sopa) de aveia. Aplique a pasta, e a deixe agir por 15 minutos.

Para as pessoas que possuem aquela manchinhas de sol também há uma receita infalível, que ilumina e ‘acalma’ a pele. Para fazer esta receita, misture 02 colheres (sopa) de mel e ½ xícara de mamão papaia amassado. Aplique de maneira uniforme pelo rosto ; deixe agir por 15 minutos e enxague o rosto com água morna.

Além de limpar a pele, é essencial a manter hidratada, por isso é imprescindível saber qual o melhor tipo de hidratação para a sua pele. Para a pele seca, são necessárias duas etapas de hidratação, que podem ser feitas em dias diferentes. Na primeira etapa, misture ½ abacate amassado e 01 colher (sopa) de mel; aplique sobre o rosto e deixe agir por 20 minutos para depois enxaguar. Na segunda etapa, misture 01 pote (200 ml) de iogurte natural; 01 gema de ovo e 01 colher (chá) de mel.

Já para a pele normal, misture 01 colher (sopa) de aveia; 01 pote de (200 ml) de iogurte natural e repita o processo de aplicação, para depois enxaguar com água fria.

Para as peles oleosas, corte 01 pepino em rodelas bem finas; espalhe sobre todo o rosto e deixe por 20 minutos. Retire e lave o rosto com água morna.

Muitas pessoas esquecem desse processo, mas a tonificação é muito importante. A longo prazo, ela impede que a pele fique flácida e sem vitalidade, por isso, tonifique o rosto pelo menos uma vez no dia após a limpeza ou a hidratação. Para auxiliar neste processo, misture 02 colheres (sopa) de vinagre de maça e 08 colheres (sopa) de água. Aplique e deixe agir por 10 minutos.

Com todos estes cuidados realizados de maneira rotineira, será possível conquista uma pele saudável e limpa em poucos passos, com ingredientes baratinhos e em casa.

Na corrida com EUA, China faz grandes apostas em computação quântica.

Conforme as notícias que rodam o mundo os Estados Unidos deram um passo à frente em sua batalha pela supremacia da computação global.

A Câmara dos Representantes dos EUA aprovou por unanimidade um projeto de lei na quinta-feira para ajudá-lo a equiparar a China às capacidades de computação quântica. Computadores quânticos prometem ser ordens de magnitude mais rápidas do que os computadores tradicionais que usamos hoje.

O projeto foi aprovado logo após o Centro de Nova Segurança Americana, um centro de estudos de ex-funcionários do Pentágono, em Washington, DC, alertou em um novo relatório que o foco da China em tecnologias quânticas poderia ajudá-lo a superar as forças armadas dos Estados Unidos.

Os computadores tradicionais armazenam dados como um dígito binário, como um interruptor de luz ligado ou desligado. A computação quântica depende de qubits, que podem estar em várias posições ao mesmo tempo.

Isso cria novas possibilidades para computadores mais poderosos, e defensores quânticos falam entusiasmadamente de novas opções, como comunicações mais seguras e melhores tratamentos contra o câncer.

Intel, Google e IBM estão entre várias empresas americanas que estão desenvolvendo tecnologias quânticas. Mas a China se destaca globalmente por sua energia e investimentos.

A tecnologia stealth dos Estados Unidos, uma vantagem militar de longa data, pode se tornar obsoleta devido às tecnologias quânticas, alertam os pesquisadores do Center for New American Security. Também pode ser difícil manter um olho na China e mais difícil proteger informações sensíveis dos EUA.

Pela primeira vez na história recente, os Estados Unidos enfrentam o perigo de serem surpreendidos pelas tecnologias que outro país possui, disse Elsa Kania, uma das autoras do relatório, à CNNMoney. Mas prever como as poderosas tecnologias quânticas se tornarão e quão rápido elas serão, é difícil, ela acrescentou.

Um computador quântico que muda o mundo está a 10 anos de distância, de acordo com o cientista Clarke. Hoje, não há garantias de que as tecnologias quânticas serão bem-sucedidas.

A China lançou um satélite quântico, mas suas habilidades são extremamente limitadas quando comparadas às superpotências que os defensores quânticos esperam que a tecnologia um dia realize.

“O satélite é absolutamente inútil em termos de fazer qualquer coisa agora, mas demonstra uma capacidade neste momento bastante impressionante”, disse Stimers.

O que é software de marketing?

Software de marketing refere-se a ferramentas que ajudam as empresas a executar campanhas com sucesso, acessar seus mercados-alvo e converter leads em vendas. As empresas, independentemente do tamanho, podem se beneficiar de ferramentas de marketing, permitindo-lhes maximizar seus recursos e se livrar de tarefas repetitivas. Eles também são muito úteis para expandir o alcance dos negócios e permitir que as empresas se concentrem em assuntos mais prementes.

O sucesso de cada negócio depende muito da capacidade de uma empresa atrair e reter clientes. Fazer isso, no entanto, requer a utilização de um cluster de processos, como coleta de dados, gerenciamento de campanhas, promoção de leads e análise de mercado, entre outros. É aqui que entra o software de marketing.

Então, o que é software de marketing ? A definição de software de marketing refere-se a um compêndio de sistemas projetados para otimizar a forma como as empresas exploram seu mercado-alvo, executam campanhas e convertem leads em ROI. Ideal para empresas de todos os tamanhos, esta tecnologia é útil para eliminar tarefas mundanas e maximizar seus recursos. Embora o custo do software de marketing possa ser alto, é um investimento que vale a pena para aqueles que desejam expandir seu alcance e se concentrar mais em outros aspectos de seus negócios. Esse tipo de software não apenas reduz a quantidade de tempo e esforço que você gasta em técnicas manuais de marketing; Ele também pode ajudá-lo a gerar mais lucros à medida que sua empresa cresce.

Ao longo dos anos, muitas pesquisas e estudos foram realizados para monitorar a eficácia da utilização de software de marketing. Entre eles, um relatório observou que 54% das empresas experimentaram uma melhoria em suas campanhas através de software de marketing, enquanto 37% atribuíram o aumento de suas vendas a essa tecnologia. Da mesma forma, um estudo do VB Insight mostrou que 80% dos usuários de automação de marketing viram um aumento nos leads ao implementar um software e 77% observaram um número crescente de conversões.

As perguntas a fazer a você mesmo agora são: “o que o software de marketing deve fazer pela minha empresa?” Seguido de “como vou saber se atende às operações da minha empresa?”

 

Conheça 3 maneiras de dar um bom destino ao seu 13° salário

O 13° salário é aquele tão esperado dinheiro extra no final do ano. Em um período onde os gastos tendem a aumentar, assim como os planos para o novo ciclo que se aproxima, a impressão é de que o valor a mais na conta já tem um destino certo. Mas será que é possível ceder às tentações e tirar o melhor proveito desse rendimento?

Com equilíbrio e planejamento, o 13° pode fazer muito mais do que se tornar uma compra impulsiva. Um bom uso dele é capaz de gerar mais prazer e ainda oferecer tranquilidade para os próximos meses que estão por vir. Confira três formas de utilizá-lo a seu favor!

1.Quite dívidas

Final de ano é o momento ideal de fazer um balanço geral das finanças e se organizar. Aproveite, então, para se livrar daquela dívida que vem tirando o seu sono.

O ato de empregar seu 13° na quitação de uma conta pode não ser tão satisfatório pensando a curto prazo — afinal, seria muito mais legal se presentear, por exemplo — mas, acredite, o sacrifício vale a pena. A sensação de começar o próximo ano sem pendências não tem preço!

2.Faça uma reserva de emergência

Se as contas estão em dia, que tal reservar essa sua renda extra para uma reserva de emergência? Poupando esse valor, você fica mais seguro e consegue ter mais estabilidade na hora de consumir. Nada melhor do que saber que está preparado caso algum imprevisto aconteça, não é mesmo?

Além do mais, guardando sua reserva de emergência em uma conta poupança, por exemplo, é possível fazer seu dinheiro render.

3.  Compre com consciência

Está livre de dívidas, já tem um valor guardado para emergências e agora quer desfrutar do seu 13° salário fazendo compras? Ótimo! Apenas lembre-se, antes de tudo, de fazer escolhas conscientes. Investir o dinheiro em algum produto ou serviço que já esteja querendo há algum tempo é a melhor maneira de evitar arrependimentos.

E como o décimo terceiro vem perto do fim do ano, comprar uma cesta de presente para as pessoas que você ama é sempre uma boa opção. Mas, por mais que tenha esse valor a mais em mãos, sempre pesquise os melhores preços em busca de fazer um bom negócio e ter alguma economia

Chaves para se Tornar uma Imagem Principal do Empreendedor Social

The Economist define um empreendedor social como alguém que desenvolve uma resposta inovadora para um problema social; por exemplo, criar um novo modelo de negócios para ajudar a combater a pobreza. As empresas sociais geram lucros em vez de depender de doações e doações, mas, ao contrário de outras organizações, existem para reinvestir os lucros de volta à sua missão social, e não aos investidores. Empresas sociais conhecidas incluem a Ashoka, a maior rede de empreendedores sociais do mundo, que fornece financiamento e apoio a empresas iniciantes, e o Grameen Bank com seu fundador, Muhammad Yunus, empresa ganhadora do Nobel da Paz que fornece microcrédito aos pobres rurais sem exigir colateral.

Mas como você pode se tornar um empreendedor social? Quais são os principais notícias impulsionadores que você deve seguir para desenvolver uma empresa social e como você pode aprender a operar esses drivers?

Descubra como transformar problemas em oportunidades: A geração atual enfrenta muitos problemas ambientais, econômicos e sociais, como as mudanças climáticas e a desigualdade na renda e na educação. Portanto, é essencial que os empreendedores sociais iniciantes entendam quais oportunidades existem para usar suas habilidades e experiências para fazer uma mudança positiva no mundo. O empreendedorismo social está crescendo em investimento e interesse global, de modo que este setor em desenvolvimento precisa de indivíduos talentosos motivados para resolver problemas sociais, que têm a capacidade de transformar uma ideia em um empreendimento comercial lucrativo, sustentável e de longo prazo.

Como há muitas estratégias de negócios a serem consideradas no desenvolvimento de uma empresa social, é importante “educar-se sobre os diferentes modelos e prós e contras que acompanham cada opção para encontrar o modelo de empreendedorismo social correto”, diz Christie Garton, fundadora da Uchic, uma organização que ajuda mulheres jovens a alcançar seus sonhos de carreira. Esses modelos de negócios incluem a estratégia “Um-para-um” e o modelo “Para nós, por nós”, bem como parcerias entre organizações com e sem fins lucrativos.

Como estudante do Global Entrepreneurship Program , conduzido conjuntamente pela EMLYON Business School (Europa), Zhejiang University (Ásia) e Purdue University (EUA), você estuda a teoria do empreendedorismo social como parte do curso, enquanto ao mesmo tempo trabalha em seus próprios empreendimentos, a fim de desenvolver suas habilidades como um empreendedor global.

Hospital nova-iorquino anuncia recuperação total de jovem após transplante de face

Para Cameron Underwood, um jovem americano, passar pelas pessoas e não ser notado é uma espécie de privilégio. Isso é justificado pelo fato do rapaz ter se submetido a um transplante de rosto, uma prática cirúrgica ainda pouco difundida pelo mundo, dada sua elevada complexidade. Ele, que possui 26 anos de idade, teve seu rosto desfigurado em razão de um acidente provocado por si próprio.

De acordo com o Portal de Notícias Terra, Underwood tem se maravilhado com coisas corriqueiras para a maioria das pessoas. Ele se sente grato por voltar a ter boca e nariz em uma face harmoniosa. Além disso, ter voltado a se alimentar adequadamente, assim como sorrir e falar tem sido motivo de grande alegria para o americano.

No acidente com uma arma de fogo, ele teve sua mandíbula parcialmente destruída, bem como boa parte de sua dentição. O jovem conviveu ao longo de dois anos com o rosto praticamente destruído, mas em 2018 seu problema foi solucionado através do transplante. Em uma coletiva de imprensa em Nova York, Underwood alegou que sente como se tivesse uma nova oportunidade na vida.

Na entrevista que reuniu uma grande quantidade de jornalistas, o americano disse ter retomado sua rotina, voltando até mesmo a realizar as atividades que mais lhe agradavam. Ele pretende retornar ao mercado de trabalho e faz planos para constituir uma família brevemente.

A cirurgia a que o jovem foi submetido é considerada uma das mais complexas da literatura médica. Para que tudo saísse como o esperado, houve a necessidade de que uma equipe formada por 100 profissionais atuasse ao longo de um dia inteiro. A operação ocorreu na cidade de Nova York, no hospital Langone Health.

Embora tenha sido operado em Janeiro de 2018, o total restabelecimento do jovem só ocorreu no mês de novembro, ocasionando o anúncio para a imprensa mundial. Especialistas alegam que o caso de Underwood foi o que mais rápido foi solucionado em detrimento da data em que ocorreu o acidente. A cirurgia do jovem americano é a de número 41, considerando-se todas as que já foram realizadas desde sua invenção, em 2005.

Saiba mais:

https://www.terra.com.br/noticias/ciencia/agora-tenho-um-nariz-e-posso-sorrir-a-vida-apos-um-transplante-total-de-rosto,6532638851a265078d487f7f27c69586w4xpdg0c.html

Terceiro filme da saga ‘Animais Fantásticos’ se passará no Brasil

No início do mês de novembro, J.K. Rowling surpreendeu os fãs da série de filmes “Animais Fantásticos” quando publicou em sua conta no Twitter, uma foto antiga da cidade do Rio de Janeiro nos anos 30. Muito questionada pelos fãs sobre a razão por trás da imagem, a escritora acabou cometendo um erro de grafia e escrevendo “Rio da Janeiro”, o qual foi prontamente corrigido por J.K. Logo em seguida, ela ainda brincou sobre como poderia ter errado uma palavra que estava escrevendo inúmeras vezes nos últimos tempos.

Essa pista fez com que os fãs de “Animais Fantásticos”, especulassem se a história do terceiro filme da franquia teria alguma relação com o Brasil. Após algumas semanas de mistério, a confirmação foi feita pelo protagonista da saga, Eddie Redmayne, em uma entrevista concedida ao jornal Folha de São Paulo.

Até o momento, nada foi dito oficialmente pela Warner Bros, estúdio responsável pela produção dos filmes, mas a expectativa é de que isso aconteça em breve. Vale destacar que o primeiro filme da saga, Animais Fantásticos e Onde Habitam (2016), se passou na cidade de Nova York, enquanto a sua continuação, Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, teve parte de sua trama ambientada em Paris, na França.

A ideia de J.K. Rowling, segundo notícias internacionais, é que cada um dos cinco filmes da saga tenham cenas em uma cidade distinta, além de sair um pouco do eixo das capitais europeias. Em favor do Brasil, o país possui milhões de fãs ávidos pelo trabalho da escritora, o que pode ter influenciado nesse sentido.

Porém, mesmo com cenas ambientadas no Rio de Janeiro, o filme não deverá ser gravado realmente no Brasil, de acordo com o produtor David Heyman, ainda em uma entrevista concedida à Folha de São Paulo.

De acordo com ele, o mais provável é que parte da equipe de produção venha ao país para colher material, para que, posteriormente, os cenários da capital carioca sejam desenvolvidos nos estúdio da Warner, em Londres. O mesmo procedimento também foi adotado no segundo filme em relação à Paris, tendo em vista que além dos custos de produção, o filme se passa há quase 100 anos, o que de qualquer forma exige adições feitas pela computação gráfica.

Fundador da CVC Turismo, Guilherme Paulus dá início à construção de seu hotel-boutique

Uma região nobre da cidade de São Paulo foi escolhida por Guilherme Paulus para o desenvolvimento de seu mais novo negócio. Trata-se de uma unidade de um hotel-boutique da rede GJP. O empresário tem a intenção de dar início às operações do local em prazo máximo de até 3 anos, ou seja, há a possibilidade de que seja inaugurado no ano de 2021. O espaço adotado para tal construção é o mesmo em que outros tempos abrigava empresas de publicidade renomadas, como a Agência DPZ.

Por se tratar de um hotel-boutique, a obra privilegiará pontos que favorecerão eventos sociais. Desse modo, os apartamentos não serão as únicas estruturas presentes no local, uma vez que o projeto de construção prevê espaços para churrasco, reuniões e até mesmo restaurante. Em uma matéria veiculada pelo site da Istoé Dinheiro, há a informação de que Guilherme Paulus adotaria o mesmo modelo hoteleiro nas próximas construções do grupo. Outro estado poderá também ser escolhido para tal, como o Rio de Janeiro.

O grupo GJP, que será responsável pela construção do hotel-boutique, é um conglomerado formado por empresas de três tipos. No primeiro deles, os negócios são de natureza hoteleira, já os outros dois cuidam de trâmites relacionados à construção civil e incorporações de companhias. Na carreira de Guilherme Paulus o segmento turístico sempre esteve presente. Antes de formar sua rede de negócios, a principal atuação do empresário consistia em pacotes turísticos que eram vendidos por ele.

A CVC Turismo foi a primeira companhia fundada pelo empreendedor. Se na atualidade a empresa é reconhecida em face da grande variedade de pacotes turísticos que oferta aos clientes, em 1975, quando foi inaugurada, esta dispunha de poucos recursos. O empresário explicou que o público-alvo das vendas era significativamente menor, ficando restrito a um pequeno grupo de trabalhadores do estado de São Paulo. Após o trabalho desenvolvido por ele, ocorreu uma gradativa expansão da operadora turística.

Com o foco na construção de seu hotel-boutique, vale pontuar que Guilherme Paulus conseguiu atrair a atenção do Grupo Carlyle, que acabou comprando a CVC Turismo. O empresário, embora tenha vendido a operadora, foi designado para permanecer por um período gerenciando o Conselho Administrativo do local. Dentre as mudanças mais profundas operadas na companhia, aquelas relacionadas à compra e venda de ações foram as que mais se destacaram. Em um dos casos, contudo, a organização passou a funcionar com o capital aberto.

A abertura do capital da empresa representou uma espécie de marco, já que a partir dessa modificação, a forma como se investe em ações da operadora passou a ser a mesma verificada em grandes companhias. Além disso, espera-se que a receita da organização alcance valores mais elevados, já que se planeja a realização de um modo de expansão onde ocorreria a abertura de um total de 100 lojas. É esperado que supermercados passem a contar com estabelecimentos de vendas turísticas. Estes, por sua vez, seriam construídos de maneira econômica, reduzindo-se custos com construções tradicionais, ao passo em que o lucro obtido seria aumentado.